quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Camila|Camila Cabello

O novo álbum de Camila Cabello saiu à menos de uma semana e eu só o consigo ouvir em repeat.
Camila nascida em Cuba, criada em Miami de origens cubano-mexicanas, conseguiu provar que o latino é muito mais que "Despacito", com "Havana".
Camila provou que não foi um tiro no escuro desagrupar-se do grupo pré-fabricado por Simon Cowell no concurso X-Factor. Como que um diário escrito por uma rapariga de 20 anos, abre-nos as portas para o universo de Camila e de todos os problemas que uma rapariga desta idade pode ter, sem os artifícios que as músicas das "Fifth Harmony" têm, "Camila" conseguiu o meu apoio.
De destacar a capa do álbum com as cores quentes que nos levam até às suas raízes.
Entre as minhas preferidas estão: "Never Be The Same","All These Years", "Consequences", "Something's Gotta Give", "Real Friends" e "In the Dark".
Não grandes colaborações sem ser em "Havana" com Young Thug, mas tem uma pequena ajuda de Skrillex na produção do álbum.
Camila provou que veio para ficar e que não está para brincadeiras.

2 comentários:

  1. Não diria melhor. Ansiosa pelo próximo álbum!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que agora temos de esperar uns tempos. Mas também quero ouvir mais.

      Eliminar

the washing machine. + Blog design by labinastudio.